A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Irão deixa Merkel "em suspenso" durante duas horas

Irão deixa Merkel "em suspenso" durante duas horas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma viagem atípica para a chanceler alemã. Angela Merkel acabou por cumprir a agenda em Nova Deli, mas com algum atraso. Tudo porque o Irão impediu o avião de Merkel de sobrevoar o seu território e de seguir para a Índia.

O incidente relegou para segundo plano o principal tema da visita, a venda à Índia de 126 aviões de combate do consórcio europeu Eurofighter.

O avião de Merkel foi obrigado a voar em círculos durante duas horas no território turco antes de conseguir a autorização para passar no espaço aéreo iraniano.

O incidente coincide com uma visita a Nova Deli de responsáveis iranianos depois de a Índia ter parado de importar petróleo. Em causa, a impossibilidade de fazer o pagamento através do Banco de Comércio Euro-Iraniano – sedeado na Alemanha – que foi submetido a novas sanções na semana passada.

As autoridades de Teerão não deram, no entanto, qualquer explicação. O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros convocou o embaixador do Irão para falar sobre o que considerou “absolutamente inaceitável”.

Desde 2007 que a República Islâmica está sujeita a uma série de sanções políticas e económicas das Nações Unidas, Estados Unidos e da União Europeia por causa do controverso programa nuclear.