Última hora

Última hora

Marcha em Telavive para pedir Estado palestiniano nas linhas de 1967

Em leitura:

Marcha em Telavive para pedir Estado palestiniano nas linhas de 1967

Marcha em Telavive para pedir Estado palestiniano nas linhas de 1967
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de israelitas desfilaram em Telavive para exigir o reconhecimento de um Estado palestiniano com as fronteiras de 1967.

A marcha coincidiu com o aniversário da Guerra dos Seis Dias, que resultou na ocupação hebraica.

A manifestação contou com árabes israelitas, mas a maioria dos participantes eram judeus, que responderam à convocatória de um coletivo de movimentos de esquerda.

Um manifestante diz que “Israel deve reconhecer o Estado da Palestina, deve fazer a paz com os palestinianos e aceitar as fronteiras de 67 como base para a paz. O governo de [Benjamin] Netanyahu está a conduzir [os israelitas] para o desastre”.

Netanyahu mostrou-se inflexível na questão das fronteiras durante a visita recente aos Estados Unidos. O presidente norte-americano Barack Obama tinha defendido que as linhas podiam ser ajustadas num acordo mútuo baseado em trocas de territórios.