Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Christchurch volta a ser sacudida

Christchurch volta a ser sacudida
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma série de sismos abalou Christchurch numa altura em que a cidade neozelandesa recupera do violento tremor de terra de fevereiro que vitimou 181 pessoas.

A proteção civil anunciou que desta vez os abalos apenas provocaram 10 feridos ligeiros. Mas há registo do desmoronamento de edifícios

Alguns cidadãos começam a pensar desistir. “Acho que é deveras cansativo. Nós estabelecermo-nos aqui e estamos sempre a pensar se a casa está de pé”, diz uma neozelandesa “Vamos ter que pensar seriamente se nos mantemos aqui ou não. Não podemos criar os nossos filhos numa atmosfera de medo de ir para casa ou de estar com amigos”, refere outra.

Desta vez o abalo de maior intensidade atingiu os 5,5 graus na escala de Richter com epicentro a apenas 10 quilómetros daquela que é a segunda maior cidade da Nova Zelândia.

50 mil casas ficaram sem eletricidade. Muitas pessoas vão passar sem aquecimento uma noite fria de quase inverno austral.