Última hora
This content is not available in your region

Grécia cada vez mais no fundo

Grécia cada vez mais no fundo
Tamanho do texto Aa Aa

Atenas paralisada por mais uma jornada de greve geral, a terceira deste ano contra as medidas de austeridade impostas pelo governo.

Num país à beira do abismo económico a greve está a provocar importantes perturbações nos transportes marítimos, suspensões e urbanos, levou ao encerramento de grande parte das escolas e serviços estatais com prejuízos financeiros incalculáveis.

“Todas as medidas de austeridade serão longas. As pessoas querem ter uma alternativa e reagem com greves e manifestaçoes explica este professor primário.

O turismo sofre e a economia encontra-se num beco sem saída. Os gregos pedem a demissão do governo de George Papandreou.

O executivo de Atenas aprovou um novo pacote de medidas de austeridade que deverá ser votado no parlamento até ao final deste mês.

Numa altura em que os credores, a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional, se preparam para avaliar um eventual segundo empréstimo ao país, a Grécia continua a ver vedado o acesso ao mercado, o que agrava ainda mais a sua situação.

Ontem, a Standard & Poor“s fez um novo corte de rating da dívida grega.