Última hora
This content is not available in your region

AIEA critica comportamento das autoridades japonesas após acidente nuclear de Fukushima

AIEA critica comportamento das autoridades japonesas após acidente nuclear de Fukushima
Tamanho do texto Aa Aa

A Agência Internacional de Energia Atómica critica as autoridades japonesas por não terem seguido o protocolo exigido pelo órgão em caso de acidentes nucleares.

O documento refere que em março, após os acidente na central nuclear de Fukushima, as autoridades japonesas deveriam ter seguido o protocolo que prevê a cooperação entre a agência e os países onde ocorreram os acidentes na organização da ajuda, da segurança e das comunicações.

A agência critica Tóquio por não ter adotado medidas de segurança recomendadas para diferentes níveis de ameaças externas.

O relatório também refere que as medidas anti-tsunami, reforçadas pelo Japão em 2002, nunca foram avaliadas pelos analistas da agência.

O documento de 160 páginas foi elaborado após uma visita de inspeção que 18 membros da agência fizeram ao Japão entre 24 de maio e 2 de junho.

Será publicado na segunda-feira, no início da conferência sobre segurança nuclear que decorrerá em Viena, na Áustria, até sexta-feira.