Última hora
This content is not available in your region

Presidente turco crítica discurso de homólogo sírio

Presidente turco crítica discurso de homólogo sírio
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente turco diz que o discurso de Bashar Al-Assad é “insuficiente”. Abdullah Gul sublinhou que o homólogo sírio deve comprometer-se de forma “muito mais clara e evidente” a favor de uma mudança democrática.

Gul apelou nomeadamente a Al-Assad para instaurar o pluralismo político na Síria.

Em Ancara, o presidente turco frisou que o homólogo precisa de “fazer e dizer mais. Reconhecer que, atualmente, tudo mudou. Outros países estão a transformar-se num sistema multipartidário e, na Síria, tudo deve ser organizado de acordo com a vontade do povo”.

A Turquia, que até recentemente gozava de boas relações com o país vizinho, tem multiplicado as críticas contra a repressão do regime de Al-Assad, que provocou já a fuga de mais de 10 mil sírios para o território turco.

No campo de refugiados de Yayladagi, centenas de sírios manifestavam uma profunda ira face ao discurso do seu presidente.

Os opositores destacam que não é a primeira vez que Al-Assad promete reformas em vão.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.