Última hora
This content is not available in your region

Governo de Papandreou garante sobrevivência mas está longe de resolver crise

Governo de Papandreou garante sobrevivência mas está longe de resolver crise
Tamanho do texto Aa Aa

O governo grego garantiu a sobrevivência ao obter um voto de confiança para avançar com as medidas de austeridade. Mas, para a população, a crise parece interminável.

Na aldeia de Palea Fokea, perto de Atenas, a atmosfera pacífica esconde os efeitos das dificuldades económicas do quotidiano.

Um pescador explica que “as pessoas não têm dinheiro para comprar o peixe e, portanto, é preciso baixar bastante os preços”.

Apesar da contestação generalizada contra o governo, há quem acredite que outro executivo não é a solução.

Uma habitante de Atenas diz que os gregos “devem muito dinheiro, por isso não há escolha”. Diz que pode “não gostar deste governo mas, face às necessidades atuais, vai apoiá-lo”.

A aprovação da moção de confiança apresentada pelo governo de George Papandreou “retirou um elemento de incerteza de uma situação muito difícil”, segundo o presidente da Comissão Europeia.

Mas não afastou as vozes críticas e milhares de gregos voltaram a manifestar-se ontem contra o executivo e as duras medidas de austeridade.

Cerca de 200 manifestantes envolveram-se em confrontos com as forças antimotim.