Última hora
This content is not available in your region

Rússia marca os 70 anos da invasão nazi

Rússia marca os 70 anos da invasão nazi
Tamanho do texto Aa Aa

Os russos recordam o 70º aniversário da invasão da URSS pela Alemanha nazi com cerimónias discretas um pouco por todo o país..

Para a Rússia e outros países oriundos da ex-União Soviética, o dia 22 de junho de 1941 marca o verdadeiro início da Segunda Guerra Mundial, que os livros de história russos chamam de a Grande Guerra da Pátria.

A Operação Barbarossa teve início nas primeiras horas de 22 de Junho e permitiu ao exército alemão invadir o território soviético, ameaçando Moscovo, antes de ver travado o seu avanço por causa do inclemente Inverno russo.

Cidades como Kiev (Ucrânia) e Rostov-on-Don viveram durante muitos meses sob a ocupação nazi.

Mas a recordação dessa data geralmente é mais apagada em contraste com as de 9 de Abril de 1945, quando se recorda com exaltação a rendição alemã.

A sociedade russa começou nos últimos anos a associar a recordação de uma resistência heroica à ideia de que Stalin, com sua incredulidade ante as advertências sobre os planos de Hitler, enfraqueceu sensivelmente a defensa do país.

Os historiadores russos defendem hoje que o recuo dramatico das forças soivéticas face aos alemaes se deveu ao fraco poderio militar do país depois da purga de Estaline sobre a elite militar nos anos 30.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.