Última hora

Última hora

Greve da função pública contra medidas de austeridade no Reino Unido

Em leitura:

Greve da função pública contra medidas de austeridade no Reino Unido

Greve da função pública contra medidas de austeridade no Reino Unido
Tamanho do texto Aa Aa

Os sindicatos britânicos prometem endurecer os protestos contra as medidas do governo para reduzir o défice orçamental.

Centenas de milhares de trabalhadores da função pública aderiram à greve geral convocada ontem contra a reforma do sistema de pensões.

Uma mobilização que levou cerca de 15 mil pessoas a desfilarem nas ruas de Londres, naquela que é a primeira grande vaga de contestação contra o governo de coligação de David Cameron.

Para um dos líderes sindicais, “é injusto que o governo utilize as reformas da função pública como um novo imposto. Ao visar as reformas pretendem apenas aumentar os benefícios reduzindo o défice”.

Uma mobilização que foi relativizada pelo governo, que voltou ontem a defender a necessidade de aplicar medidas de austeridade para reduzir o défice até 2015.

Para o número dois do governo: “Estas greves são uma vergonha, num momento em que o governo está a discutir estas medidas com os sindicatos”.

Os protestos representam um novo desafio às medidas do governo, depois do executivo ter recentemente anulado os planos para restruturar o sistema de saúde, cedendo à revolta dos médicos.