A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Palio de Siena resiste a polémica galopante

Palio de Siena resiste a polémica galopante
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas voltaram a juntar-se na praça principal de Siena, em Itália, para assistir a uma das mais antigas e curtas corridas de cavalos do mundo.

Um minuto e quinze de competição entre os 10 bairros da cidade, marcada este ano pela morte de um dos cavalos, durante os treinos da semana passada.

Dos nove participantes na corrida, o vencedor foi o cavalo Mississipi do bairro do Ganso. Uma vitória marcada, no entanto, pelo acidente mortal que levou a ministra do turismo a defender o fim da centenária competição, em nome dos direitos dos animais.

Mas apesar da segurança redobrada, a ausência de regras faz parte da tradição da corrida, vencida pelo primeiro cavalo a cruzar a meta, mesmo sem cavaleiro.