Última hora

Última hora

Astana, cidade do futuro !

Em leitura:

Astana, cidade do futuro !

Astana, cidade do futuro !
Tamanho do texto Aa Aa

Uma das cidades mais invulgares da Ásia Central, a capital do Cazaquistão mantém a sua evolução, uma vez que celebra o 13 º aniversário.
 
Durante esse tempo, Astana (que significa literalmente Capital em cazaque) vem atraindo pessoas de todo o país – como Nurlan, a sua esposa e os seus quatro filhos.
 
 
 
 
Nurian Baimurzaev, residente de Astana - “Esta nova parte da cidade foi construída de raiz nos sete anos que aqui tenho vivido.
 
Aqueles que se querem esforçar para crescer, avançar, e criar melhores condições para os seus filhos, para as suas famílias, aqueles que pensam sobre o seu futuro – todos tendem a mudar para cá, para a melhor cidade do nosso país “.
 
 
 
 
Tudo começou com uma decisão surpresa da liderança do Cazaquistão de transferir a capital de Almaty, aparentemente muito perto da fronteira inquietante do sul, para uma cidade obscura e industrial nas remotas áreas do norte.
 
Atualmente, o moderno complexo administrativo fornece emprego para uma grande parcela da população de Astana que excede 700 mil e estima-se que cresça para 1 milhão até 2030.
 
 
 
 
A sua expansão futura tem como modelo o plano-mestre que ocupa um andar no gabinete do presidente da camara. O plano integra vários projetos urbanos sob a supervisão do arquiteto-chefe de Astana.
 
Afirma que o crescimento e expansão estão agora a dar lugar a um desenvolvimento mais lento de grau mais alto, tornando a cidade mais confortável.
 
 
 
 
Sarsenbek Zhunussov, Arquitecto-Chefe de Astana - “Ainda temos uma escassez de habitações necessárias para acolher o grande fluxo de funcionários públicos e famílias jovens.  E, claro, a taxa de natalidade na cidade é bastante elevada, já que a média de idades é baixa. Por isso, a área de habitação é o que mais precisamos neste momento “
 
 
 
 
Não sendo apenas um centro administrativo, a cidade está a tornar-se um centro de negócios importantes na região, com mais de 250 escritórios e edifícios públicos, aparentemente erguidos do nada, nos últimos anos.
 
A maior economia de energia da Ásia Central, o Cazaquistão investiu vários milhões no desenvolvimento de áreas recentes em Astana.
 
Os distritos comerciais e industriais criaram uma zona económica especial para garantir condições favoráveis ​​de negócios e impulsionar o ingresso de investimentos estrangeiros.
 
 
 
 
Meder Maselov, Presidente da Área Económica de Astana - “Um imposto especial e o regime jurídico implementados permitem aos nossos investidores envolvidos na construção da cidade, poderem desfrutar de isenção de alguns impostos e direitos aduaneiros.
 
Além disso, criámos um regime especial simplificando a importação de mão de obra estrangeira.
 
Tudo isso permitiu atrair investimentos no valor de mais de 10 mil milhões de dólares, dos quais mais de metade é investimento estrangeiro. “
 
 
 
 
Brilhante no por do sol é uma das mais recentes adições à Astana das compras e do espectáculo – a tenda nómada gigantesca do Cazaquistão, ou “yurt”, um centro de hospedagem de luxo e um centro social.
 
A sua forma peculiar permite um forte fluxo de ventos locais em redor e foi criada em Londres pelo gabinete de arquitectos de Norman Foster e de uma empresa de construção turca.
 
Com a altura de 150 metros, é a maior tenda do mundo.
 
 
 
 
O telhado, feito de polímero transparente, está suspenso numa rede de cabos amarrados a partir de uma torre central.
 
Várias lojas e passeios fazem de Khan Shatyr uma atração para adultos e crianças.
  
 
 
A luz do sol, em conjunto com sistemas de aquecimento e refrigeração, ajudam a manter as condições de conforto sob a tenda, enquanto as temperaturas externas podem variar entre -35 a 35 ° C ao longo do ano.
 
 
 
A pirâmide alta de vidro, simboliza a tolerância e a diversidade, é outra criação de Foster.
 
É um dos mais famosos marcos históricos de Astana e oferece uma bela vista sobre a cidade nova.
 
 
 
 
Dastan bissen, Artista do Centro de Arte Contemporanea de Kulanshi - “Em termos arquitectónicos Astana é um lugar muito interessante. Um enorme conjunto de vidros espelham a beleza de estruturas vizinhas, tornando-se possível ver algumas reflexões muito interessantes, silhuetas dos edifícios, e as grqandes nuvens no nosso céu, bonito e profundo.”
 
 
 
A estética ultra-moderna e urbana é uma fonte de inspiração para pintores jovens que praticam na galeria de arte dentro da pirâmide.
 
Combinando os estilos de arquitectura europeia e asiática com motivos tradicionais do Cazaquistão, Astana aspira a tornar-se uma capital estreitamente ligada a todo o continente.
 
 
 
 
Alexander Kim - “Astana é uma cidade do amanhã, uma cidade de oportunidades. É um lugar onde todas as nossas idéias e sonhos podem tornar-se realidade. A cidade do nosso futuro.”

Mais sobre metropolitans