Última hora
This content is not available in your region

Bruxelas embarga sementes do Egito ligadas ao surto de E.Coli

Bruxelas embarga sementes do Egito ligadas ao surto de E.Coli
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia decidiu retirar do mercado e interromper a importação de rebentos e sementes de feno-grego proveniente do Egito.

A decisão foi tomada depois da Agência Europeia de Segurança Alimentar ter apontado a “ligação provável” entre um lote destas sementes e os surtos da bactéria E.Coli na Alemanha e em França.

O comissário europeu para a Saúde explica que “está a ser feito um trabalho intenso e investigações para apurar para onde foram distribuídas as sementes em causa e por que razão um lote específico estava infetado”. John Dalli acrescenta que “será enviada uma equipa de peritos ao Egito para investigar em profundidade a origem” da questão.

A estirpe particularmente perigosa da batéria E.Coli entero-hemorrágica foi detetada num lote de 15 toneladas importado do Egito para a Alemanha em 2009.

A contaminação fez 48 mortos na Alemanha e um na Suécia. Depois do surto em território germânico, foi detetado um novo foco na cidade de Bordéus, em França, onde uma dezena de pessoas continuam hospitalizadas. Ao todo, foram identificados mais de 4 mil casos na Europa.

Nome do jornalista • Rodrigo Barbosa