Última hora

Assassinado Facundo Cabral na Guatemala

Assassinado Facundo Cabral na Guatemala
Tamanho do texto Aa Aa

Facundo Cabral, um dos mais importantes cantores da música popular da América Latina, foi morto a tiro, este sábado, na Guatemala.

Segundo a polícia, o carro do músico argentino foi atingido por disparos, quando ia para o aeroporto, na capital, depois de um concerto.

“Facundo Cabral, de 74 anos de idade, foi morto num ataque que começou a 300 metros do local onde nos encontramos, a 300 metros do quartel dos bombeiros”, explica o porta-voz dos bombeiros.

A morte de Cabral, uma das vozes contra as ditaduras militares da região, está a deixar a América Latina em estado de choque.

“Hoje, repudiamos um crime terrível que deixa de luto a Guatemala. Um crime que está a criar horror e medo. Não posso deixar de pensar que ele foi morto pelos seus ideais. Não há outra razão para precisarmos de assassinar alguém na Guatemala”, diz a Nobel da Paz Rigoberta Menchu.

O governo do país diz que o alvo não era o cantor mas um empresário que viajava com ele.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.