Última hora
This content is not available in your region

Atentados de Bombaím mataram 18 pessoas

Atentados de Bombaím mataram 18 pessoas
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades indianas reviram em baixa o balanço das vítimas dos atentados de terça-feira em Bombaím.

O balanço oficial é agora de 18 mortos e 131 feridos. Números que podem ainda variar; 23 dos feridos encontram-se em estado grave.

Os ataques, que ocorreram em três locais diferentes da capital financeira da Índia, com poucos minutos de intervalo, ainda não foram reivindicados.

O ministro do Interior afirma que todos os grupos com capacidade para levar a cabo este tipo de ataques são suspeitos e estão sob investigação.

O primeiro-ministro, Manmohan Singh, pediu esta manhã aos indianos que se mantenham calmos e unidos.

Um cidadão afirma: “O povo de Bombaim provou uma vez mais que não se deixa abater por este tipo de atos de extremismo. Vamos prosseguir com as nossas vidas, aconteça o que acontecer, é por isso que os estudantes vão para a escola, as donas de casa vão às compras e a vida volta ao normal em Bombaim”.

Os atentados foram firmemente condenados pela comunidade internacional. As Nações Unidas classificaram-nos de “hediondos”.