Última hora

China chama políticos americanos à razão

China chama políticos americanos à razão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Para além dos americanos, a crise da dívida dos Estados Unidos inquieta o mundo inteiro.

A China, fortemente exposta na economia americana, pede a Washington que tome medidas para preservar os interesses dos investidores através de “uma política responsável”.

O pedido de Pequim surge no mesmo dia em que uma das três agências de rating, a Moody’s, deixa a ameaça de baixar a nota da dívida pública americana.

O país atingiu o limite da divida em Maio e tem até 2 de Agosto para encontrar um acordo político para o aumento do plafond.

Há cinco dias que as negociações entre democratas e republicanos marcam passo. Os republicanos, maioritários no congresso, querem cortes drásticos na despesa para comabter o défice. Obama propõe um plano de redução do défice a dez anos, acompanhado de aumento dos impostos para os mais ricos, uma medida que os republicanos não estão dispostos a implementar.

A falta de acordo poderá pôr o país em dificuldades de tesouraria. Obama alertou ontem para o risco de o estado não poder pagar as reformas do mês de agosto

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.