Última hora
This content is not available in your region

Bélgica proíbe véu integral em espaços públicos

Bélgica proíbe véu integral em espaços públicos
Tamanho do texto Aa Aa

Entrou, hoje, em vigor a lei que proíbe o uso do véu integral em espaços públicos na Bélgica.

É o segundo país da União Europeia, depois da França a avançar com a medida justificada por razões de segurança.

A lei foi adotada praticamente por unanimidade na Câmara dos Representantes no final de abril. Em 2010, os deputados tentaram proibir pela primeira vez o uso do véu islâmico, mas a aprovação final da proposta de lei foi adiada devido à queda do governo.

Quem violar a lei está sujeito a uma multa no valor de 137 euros e a uma pena de prisão que pode chegar aos sete dias.

Na Bélgica cerca de 300 mulheres usam burca ou niqab. Duas muçulmanas já anunciaram que pretendem recorrer ao Tribunal Constitucional.

O Comissário para os Direitos Humanos do Conselho da Europa, também, já criticou a interdição.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.