Última hora

Conselho de Segurança da ONU discute tensão fronteiriça no Kosovo

Conselho de Segurança da ONU discute tensão fronteiriça no Kosovo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As forças da NATO no Kosovo assumiram o controlo dos dois postos fronteiriços no norte do país, que desde segunda-feira estão no centro de um novo diferendo com a Sérvia.

A tensão fronteiriça, condenada pela União Europeia, vai ser debatida hoje numa reunião do Conselho de Segurança da ONU em Nova Iorque.

Os soldados da Kfor fecharam o acesso ao norte do país, na cidade de Mitrovica, como medida de segurança.

Um habitante albano-kosovar, afirma, que, “o Kosovo não pode continuar à espera que a comunidade internacional resolva os problemas com os sérvios, é altura de tomarmos a iniciativa”.

Belgrado acusa Pristina de ter reacendido a tensão ao ocupar na segunda-feira dois postos fronteiriços em território servo-kosovar, pela primeira vez desde a declaração de independência em 2008.

Em resposta, os populares servo-kosovares bloquearam o acesso às fronteiras.

Ontem à noite grupos de jovens incendiaram o posto fronteiriço de Jarinje, obrigando os militares da NATO e a polícia europeia a retirar à pressa do local.

A NATO e a UE negoceiam nas últimas horas uma solução duradoura para tentar acalmar a tensão entre as duas comunidades

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.