Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Espanha paga o maior juro desde 2008

Espanha paga o maior juro desde 2008
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os juros das obrigações espanholas e italianas continuam próximos dos níveis que levaram Grécia, Portugal e Irlanda a pedir ajuda externa.

Mesmo assim, a Espanha não cancelou o leilão de dívida previsto para esta quinta-feira. O Estado colocou no mercado 3 mil milhões de euros em títulos de dívida a três e quatro anos. Pagou o maior juro desde 2008, um valor perto dos 5%.

A bolsa espanhola acompanhou a queda generalizada das praças europeias. “Temos um Verão de grande volatilidade. Isso é certo. Ainda assim não descarto a volatilidade, porque as dúvidas e a incerteza podem aparecer a qualquer altura. A situação nos Estados Unidos não ajuda. Isso está a provocar mais instabilidade em geral”, diz Javier Ferrer da Ahorro Corporación.

Em Itália, o primeiro-ministro Silvio Berlusconi continua a tentar acalmar os mercados. Depois de quarta-feira ter discursado no Parlamento, Berlusconi reuniu-se, esta quinta-feira, com sindicatos e confederações patronais para discutir um “pacto para o crescimento”.

O presidente da Comissão Europeia apelou a uma avaliação de “todos os elementos” do Fundo Europeu de Estabilização Financeira, para convencer os mercados que a zona euro pode resolver a crise da dívida.