Última hora

Londres: regresso lento à normalidade

Londres: regresso lento à normalidade
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após uma noite de violência no bairro londrino de Tottenham na qual pelo menos oito polícias ficaram feridos e 42 pessoas foram detidas as autoridades fazem o balanço dos acontecimentos.

Uma manifestação pacífica realizada no sábado na qual se exigia à polícia uma explicação para a morte de Mark Duggan ocorrida na quinta-feira acabaria por degenerar em atos de violência.

O deputado por Tottenham, David Lammy, condenou os acontecimentos.

“A maioria das pessoas em Tottenham rejeitam o que se passou aqui ontem à noite. Uma comunidade que já sofria acabou por ficar despedaçada. Os correios, uma loja de desporto, tabacarias, lojas de telemóveis e edifícios camarários que lidam com reclamações do público, foram completamente destruídas por selvagens, muitos deles que nem sequer são de Tottenham, tendo vindo de fora com o objetivo de causarem violência”, disse David Lammy.

No cerne do problema está a morte a tiro de um indivíduo na quinta-feira, Mark Duggan, no decurso de uma operação policial.

Tottenham é um dos bairros em Londres onde a taxa de desemprego é mais elevada.

Já não é a primeira vez que Tottenham é palco de violência extrema. Há 25 anos tiveram lugar confrontos raciais muito próximo do local dos distúrbios de sábado à noite.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.