A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Nações Unidas avaliam "Humanidade" na Síria

Nações Unidas avaliam "Humanidade" na Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas vão enviar uma missão humanitária à Síria, este sábado, para avaliar a situação em que se encontra o país e os seus cidadãos.

Desta reunião das Nações Unidas, resultou também mais um plano de sanções ao regime de Bassar Al- Assad, nomeadamente, no que diz respeito à cessão americana de compra de petróleo sírio.

“Nós vamos trabalhar numa resolução do conselho de segurança que aplicará medidas para aqueles que são responsaveis”.

Esta quarta-feira, num telefonema com Ban Ki-Moon, Assad afirmou que pôs fim às operações militares. Mas, segundo a oposição, novos ataques foram levados a cabo na região Este do país.

Segundo os investigadores das Nações Unidas, há vários relatos de torturas e atrocidades contra feridos nos hospitais sírios.

“Assad está no caminho deles. Para a segurança do povo sírio, chegou a hora de se retirar e dar espaço e a transição aos próprios sírios. É isso que estamos determinados em fazer”, refere Hillary Clinton.

Desde a “Primavera árabe” que as manifestações contra al Assad já fizeram mais de 2 mil mortos. 120 desde o dia 10 de Agosto,de acordo com os últimos dados do conselho de segurança para a Síria.