Última hora

Última hora

Roubo da Mona Lisa do Louvre foi há 100 anos

Em leitura:

Roubo da Mona Lisa do Louvre foi há 100 anos

Roubo da Mona Lisa do Louvre foi há 100 anos
Tamanho do texto Aa Aa

Faz este domingo 100 anos que o famoso quadro de Leonardo Da Vinci, Mona Lisa, foi roubado do Louvre, em Paris.

As autoridades demoraram dois anos a encontrar uma das mais preciosas pinturas da história.

O quadro foi roubado por um italiano, Vicenzo Peruggia, que na altura afirmou ter roubado o quadro por uma questão de patriotismo.

Um patriotismo que está ainda bem vivo na localidade italiana de Dumenza, de onde é originário Vicenzo Peruggia.

O seu neto conta que “ele roubou a Mona Lisa porque queria fazer algo visível contra o facto de Napoleão ter roubado bastantes obras de arte de Itália.”

Pintor de construção civil, Peruggia foi condenado a um ano e quinze dias, mas um recurso permitiu-lhe ver a pena reduzida para pouco mais de sete meses. Em Dumenza ainda hoje é visto como um herói nacional e nas paredes da sua casa há uma placa comemorativa do roubo.

Renato Tosi é de Milão, mas está a passar férias em Dumenza e acredita “que a Mona Lisa ainda está algures na região italiana, escondida por baixo de uma mesa, e que os franceses têm apenas uma cópia. É uma ideia louca, mas ficaria contente se fosse esse o caso.”

Fica então em aberto mais um enigma sobre o quadro de Leonardo Da Vinci, pintado entre 1502 e 1506. Se calhar é este mesmo enigma que ainda hoje está na origem do sorriso de Lisa Gherardini, no mínimo… enigmático.