Última hora

Líbia: NATO mantém pressão sobre regime de Khadafi

Líbia: NATO mantém pressão sobre regime de Khadafi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Líbia, as forças da NATO continuam a apoiar com meios aéreos os avanços das forças rebeldes com vista ao controlo de Tripoli.

Em várias partes da capital, forças leais a Khadafi continuam a lutar contra o avanço dos rebeldes.

Para estes, o objetivo é capturar o líder líbio com vida no seu complexo de Bab-al-Azyzia.

De acordo com a NATO, na segunda-feira, forças governamentais líbias teriam disparado três mísseis do tipo Scud contra a localidade costeira de Misurata em poder dos rebeldes. Segundo a NATO, os disparos teriam sido teriam sido provenientes da área de Sirte, local de onde Khadafi é originário.

O júbilo que marcou a chegada das forças rebeldes transformou-se agora em apreensão dado que em Tripoli mantêm-se algumas bolsas de resistência.

O paradeiro de Khadafi é a questão que paira sobre todas as acções.

Desde meados de junho que o líder líbio não é visto em público.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.