Última hora

Zapatero quer limites ao défice e à dívida na Constituição

Zapatero quer limites ao défice e à dívida na Constituição
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo espanhol quer inscrever limites ao défice público e à dívida na Constituição, ainda antes das eleições de novembro.

O primeiro-ministro José Rodriguez Zapatero propôs, esta terça-feira, uma reforma constitucional, uma iniciativa que conta com o apoio do maior partido da Oposição. “O sentido desta iniciativa é idêntico ao de todos os outros casos que foram anunciados. Implica reforçar o nosso compromisso com as necessidades do processo de consolidação definitiva da união monetária e económica”, afirmou Zapatero.

O Tesouro espanhol financiou-se, esta terça-feira, a juros mais baixos do que nas emissões anteriores de dívida de curto prazo. Colocou no mercado mais de 2 900 milhões de euros de títulos a três e a seis meses.

A queda dos juros deveu-se em parte ao facto de o Banco Central Europeu ter comprado dívida soberana espanhola.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.