Última hora

Inflação desacelera na China

Inflação desacelera na China
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A inflação da China desacelerou em agosto, de um máximo de três anos. Recuou para 6,2%, menos três décimas do que em julho.

O abrandamento está relacionado com o alívio dos preços no setor alimentar, que representa um terço do cabaz de bens utilizado para calcular o Índice de Preços no Consumidor.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.