Última hora

Zona Euro "encalha" na dívida grega

Zona Euro "encalha" na dívida grega
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Momentos de grandes incerteza na zona euro. No cerne das preocupações continua a dívida grega.

Depois da agitação registada na segunda-feira nos mercados, a imprensa francesa mostra preocupação.

Sobretudo depois da queda dos principais bancos franceses, provocada pela sua exposição à dívida grega.

Já sentem dificuldades para se refinanciarem, em dólares.

Os analistas dizem que a saída da Grécia do euro, deixou de ser tabu:

“O tabu da saída da Grécia da zona euro deixou de o ser, desde a última segunda-feira. Mas, para o concretizar, para que isso aconteça, existe um problema: não há nenhuma disposição no Tratado de Maastricht que permita o abandono da Grécia. Não sabemos como isso se pode fazer”.

O assunto foi discutido, esta terça-feira, entre o primeiro-ministro finlandês e a chanceler alemã.

Helsínquia pede mais garantias à Grécia e Merkel diz perceber essas preocupações:

“Eu acredito que todos nós queremos encontrar um trajeto, uma maneira de seguirmos em frente, que esteja aberta a todos os parceiros. Mas estou também alinhada com os desejos finlandeses. Os nossos especialistas estão a trabalhar nisso”.

São dias difíceis para os gregos que não param os protestos.

Esta terça-feira, a imprensa grega dava como certo o despedimento de 3.500 funcionários públicos, uma medida integrada no plano de austeridade.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.