Última hora
This content is not available in your region

Abbas avança para as Nações Unidas

Abbas avança para as Nações Unidas
Tamanho do texto Aa Aa

Mahmoud Abbas vai avançar com o pedido de adesão da Palestina, como Estado de pleno direito, às Nações Unidas.

Os Estados Unidos já admitiram vetar a questão e, para se adiantar, o primeiro-ministro israelita fez uma oferta de conversações diretas ao líder da Autoridade Palestiniana.

A situação não é, de todo pacífica como explica o líder da Fatah.

“Eu temo duas coisas: que não seja a altura certa e não consigo imaginar uma posição internacional forte sobre a questão, podemos pressupor uma votação grande nas Nações Unidas mas no Conselhos de Segurança a situação será diferente.

E pior que isso, o Presidente Obama que deveria ter uma posição firme numa solução de dois estados, ou se mantém neutro ou apoia o outro lado e isso só mostra o que se está a passar nos Estados Unidos. Ele tem reservas sobre a questão. O importante não é apenas ir a Nova Iorque apresentar a causa e fazer o pedido, depois, haverá uma posição israelita no terreno, há um quarteto, há uma posição americana que já ameaçou usar o veto.”

Esta segunda-feira à chegada a Nova Iorque para a assembleia das Nações Unidas vários líderes internacionais afirmavam que só o reinício das negociações de paz, interrompidas há um ano, pode evitar um choque diplomático de consequências imprevisíveis.