Última hora

Centro islâmico de Nova Iorque abre sem polémica

Centro islâmico de Nova Iorque abre sem polémica
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi sem polémicas nem contestação que abriu as portas o centro comunitário islâmico de Nova Iorque, apenas a dois quarteirões do World Trade Center.

Para demonstrar a boa vontade, os organizadores apresentaram, na abertura do centro, uma exposição do fotógrafo Danny Goldfield, que mostra crianças vindas de mais de 170 países a viver em Nova Iorque.

“Queremos servir Nova Iorque, todas as crianças e todas as pessoas da cidade de Nova Iorque. Esta exposição representa tudo aquilo que defendemos: inclusão, comunidade, construção e diversidade”, disse Sharif el-Gamal, presidente do centro.

O projeto de abrir uma mesquita neste local criou bastante polémica, com vozes que consideravam isso um insulto às vítimas do 11 de setembro. O centro tem um espaço de oração, mas não é uma mesquita.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.