Última hora

Estado Palestiniano: Israel reforça segurança

Estado Palestiniano: Israel reforça segurança
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Segurança máxima em Israel e na Cisjordânia no dia em que Mahmud Abbas pede o reconhecimento de um Estado Palestiniano nas Nações Unidas.

As autoridades de Telavive destacaram até sábado à noite 22 mil polícias em todo o território e reforçaram o dispositivo militar na Cisjordânia. Três batalhões de reservistas, ou seja perto de 1500 soldados, foram mobilizados.

O nível de alerta foi elevado ao máximo. A polícia bloqueia o acesso à Esplanada das Mesquitas aos homens com menos de 50 anos.

Se em Ramallah, a maioria dos palestinianos afetos à Fatah do Presidente Abbas apoia a iniciativa do reconhecimento de um Estado Palestiniano, em Gaza, território controlado pelo Hamas, a medida está longe de ser consensual.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.