Última hora

Última hora

Forças líbias entram em Sirte, cidade natal de Kadhafi

Em leitura:

Forças líbias entram em Sirte, cidade natal de Kadhafi

Forças líbias entram em Sirte, cidade natal de Kadhafi
Tamanho do texto Aa Aa

Apoiadas por aviões da NATO, as forças anti-Kadhafi lançaram um novo assalto a Sirte, mas estão a enfrentar forte oposição da parte de snipers num dos últimos bastiões do coronel que continua em parte incerta.

O ataque já fez duas vítimas entre os antigos rebeldes.

A conquista da cidade natal de Muammar Kahdafi tem um importante valor simbólico para o governo de transição que controla já praticamente todo o país.

A NATO não quer adiantar muito sobre as operações em Sirte mas admitiu ter atingido uma série de alvos entre os quais um depósito de armas e artilharia antiaérea.

Nos últimos dias as forças anti-Kadhafi tinham retirado de Sirte e de Bani Walid, outra das cidades que recusa render-se.

A partir do exílio na Argélia, a filha de Muammar Kadhafi, Aicha fez as primeiras declarações públicas desde a queda de Tripoli há 1 mês, afirmando que o pai está “animado” e a “lutar lado a lado com os seus guerreiros”.

Na declaração de quarto minutos divulgada na noite passada, Aicha critica ainda os líderes árabes “que ajudaram no massacre do povo líbio” e apela aos “leões” de Tripoli e outras cidades para lutarem.

O governo de transição oferece a amnistia e uma recompensa de cerca de 1 milhão de euros a quem capturar ou matar Muammar Kadhafi.