Última hora
This content is not available in your region

Elevada afluência nas primeiras eleições organizadas pela Libéria

Elevada afluência nas primeiras eleições organizadas pela Libéria
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar da chuva, a Libéria assistiu desde as primeiras horas da manhã a uma elevada afluência às urnas, para a segunda eleição presidencial desde a guerra civil.

Os dois milhões e meio de eleitores inscritos escolhem também a constituição do próximo Parlamento e do Senado.

É o primeiro voto organizado pelos próprios liberianos, já que as eleições de 2005 – dois anos depois do fim da guerra – estiveram a cargo das Nações Unidas.

As previsões apontam para uma segunda volta nas presidenciais entre a atual chefe de Estado e Prémio Nobel da Paz, Ellen Johnson Sirleaf, e o ex-diplomata da ONU Winston Tubman.

Os observadores no terreno davam conta de um escrutínio pacífico, embora muitos eleitores mantenham na memória os motins em Monróvia há seis anos, devido à contestação dos resultados das últimas eleições.

Em Setembro, a ONU prolongou por um ano a missão na Libéria – que conta com mais de nove mil efetivos – para ajudar, nomeadamente, a garantir a segurança neste escrutínio.