Última hora
This content is not available in your region

Falência da Saab deve ser declarada

Falência da Saab deve ser declarada
Tamanho do texto Aa Aa

Um acordo de resgate para salvar a Saab deve ser bloqueado pelo Governo chinês. Era a última esperança da construtora automóvel sueca, cuja falência pode ser declarada ainda esta terça-feira.

A Saab está à espera que o Governo chinês aprove um investimento de 240 milhões de euros das empresas Youngman e Panda.

A empresa também ainda não recebeu um empréstimo de 70 milhões de euros, garantido pela Zheijiang Youngman Lotus Automobile.

A Saab está a beneficiar de um período de proteção contra credores, procurando investidores e vendendo ativos para pagar a fornecedores e funcionários e retomar a produção.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.