Última hora
This content is not available in your region

Soldado israelita será libertado em troca de mil palestinianos

Soldado israelita será libertado em troca de mil palestinianos
Tamanho do texto Aa Aa

Israel e o Hamas chegaram a acordo para a libertação do soldado Gilad Shalit em troca de mil prisioneiros palestinianos.

A última prova de vida do soldado israelita é um vídeo que remonta a Setembro de 2009. Shalit foi capturado em 2006 num raide de combatentes palestinianos que entraram em Israel a partir da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas.

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu explicou que o acordo foi “assinado definitivamente” esta terça-feira e que o regresso de Shalit a Israel deverá acontecer no espaço de “alguns dias”.

O acordo, obtido com a mediação do Egito, prevê em troca a libertação de mil prisioneiros que deverá incluir o líder palestiniano Marwan Barghuthi. Dezenas de milhares de palestinianos juntaram-se no norte da Faixa de Gaza para celebrar o anúncio.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.