Última hora
This content is not available in your region

França quer poupar 65 mil milhões até 2016

França quer poupar 65 mil milhões até 2016
Tamanho do texto Aa Aa

São 65 mil milhões de euros que a França quer poupar até 2016. O Governo diz que são necessárias, com urgência, poupanças extraordinárias para impedir o descarrilamento das finanças do país.

A previsão de crescimento económico para o próximo ano foi revista em baixa de 1,75% para 1%.

Em nome dos sacrifícios, as prestações sociais vão ser, excecionalmente, indexadas ao crescimento e não à inflação em 2012. O primeiro-ministro francês sublinhou que o Executivo não quis ir mais longe e congelar as ajudas.

O Governo quer reduzir o défice dos 5,7% do Produto Interno Bruto, previstos para este ano, para 4,5% no próximo ano e 3% em 2013.

O primeiro-ministro francês anunciou um aumento temporário de 5% para o imposto sobre as empresas que tenham um volume de negócios superior a 250 milhões de euros.

Os salários dos ministros e do chefe de Estado serão congelados até que as contas públicas francesas estejam em equilíbrio.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.