Última hora

Poeta checheno assassinado em Moscovo

Poeta checheno assassinado em Moscovo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um poeta checheno foi assassinado em Moscovo na noite passada. Ruslan Akhtakhanov era um fervoroso defensor da permanência da república do Cáucaso na Federação Russa e era favorável à coexistência da cultura ocidental e da religião islâmica. O escritor foi abatido com várias balas na cabeça enquanto estacionava o carro junto à sua casa. A polícia suspeita dos separatistas chechenos. O atirador fugiu num Ford Focus que foi encontrado calcinado horas depois. A guerrilha islâmica continua a bater-se pela independência da Chechénia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.