Última hora
This content is not available in your region

Ancara pede desculpa por operação militar dos anos 30

Ancara pede desculpa por operação militar dos anos 30
Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro pedido oficial de desculpas da Turquia pela morte de cerca de 14 mil pessoas nos anos 30.

Esta quarta-feira, o primeiro-ministro retratou-se perante os membros do Partido da Justiça e do Desenvolvimento, em Ancara, pela operação militar realizada contra a rebelião curda, no leste do país.

A operação militar ocorreu entre 1936 e 1939. No poder estava o Partido Republicano do Povo, criado pelo fundador da República turca.

Para esmagar a rebelião curda, as autoridades turcas bombardearam a cidade de Dersim, hoje conhecida como Tunceli.

Seguiram-se expropriações e execuções sumárias.

De acordo com Recep Tayyip Erdogan cerca de 14 mil pessoas morreram e 11 mil foram obrigadas a fugir.

O chefe de governo turco desafiou, ainda, o principal partido da oposição parlamentar, o Partido Republicano do Povo a assumir as responsabilidades.