Última hora

Última hora

Mudança de governo em perspetiva na Croácia

Em leitura:

Mudança de governo em perspetiva na Croácia

Mudança de governo em perspetiva na Croácia
Tamanho do texto Aa Aa

No domingo, 4,5 milhões de eleitores croatas vão eleger um novo parlamento. O país tem sido quase sempre governado pela União Democrática da Croácia (HDZ) desde a independência, em 1991. O centro-esquerda só esteve no poder entre 2000 e 2003. Agora, prepara-se para regressar ao governo. De acordo com as sondagens, o social-democrata Zoran Milanovic será o próximo chefe do executivo pois a coligação que dirige deve conquistar a maioria dos 151 assentos do parlamento.

O eleitorado croata prepara-se para castigar o executivo conservador liderado Jadranka Kosor. Os casos de corrupção mancharam o governo cessante apesar dos esforços da primeira-ministra desde que chegou ao cargo, há três anos. Mas a crise económica e o desemprego elevado também vão pesar neste sufrágio.

Uma croata aponta a falta de trabalho como o problema principal do país mas não tem ilusões quanto ao futuro. “Depois das eleições os preços vão subir e a vida para o cidadão comum não será melhor”, sublinha.

O provável vencedor das legislativas anunciou muitas dificuldades e apenas prometeu trabalho, honestidade e eficácia. Cinco dias depois das eleições, os croatas assinam em Bruxelas o tratado de adesão à União Europeia.