Última hora
This content is not available in your region

Novo governo belga presta sermão depois de crise recorde

Novo governo belga presta sermão depois de crise recorde
Tamanho do texto Aa Aa

A Bélgica dotou-se de um novo governo, depois do maior vazio de poder da sua história. O primeiro-ministro nomeado pelo rei Alberto II prestou sermão esta terça-feira, juntamente com os 12 ministros e 6 secretários de Estado, 541 dias depois das legislativas de Julho de 2010.

Elio di Rupo é o primeiro socialista francófono nomeado como chefe de governo em 38 anos.

O compromisso entre flamengos e francófonos deveu-se em grande parte às pressões dos mercados financeiros e da União Europeia.

Apesar da entrada em funções do novo executivo pôr fim, em teoria, a uma crise recorde, a solução governativa não suscita um grande entusiasmo na Bélgica.

Os problemas de fundo entre flamengos e francófonos persistem e as tensões podem facilmente ressurgir, nomeadamente com o lançamento da grande reforma institucional prevista pelo acordo de governo.