Última hora
This content is not available in your region

Katsav deu entrada na prisão de Telavive

Katsav deu entrada na prisão de Telavive
Tamanho do texto Aa Aa

Sete anos de prisão para o antigo presidente israelita Moshe Katsav que deu hoje entrada no establecimento prisional de Telavive, a prisão de Maasiah.
 
O ex-chefe do Estado cumprirá a condenação numa ala do centro penitenciário destinada a presos do setor religioso.
 
A pena  foi ditada pelo Supremo Tribunal de Israel em primeira instância, mas Katsav continua a proclamar inocência. “Hoje no estado de Israel estão a condenar um homem com base em impressões, sem testemunhas dos fatos sem provas” declarou.
 
Katsav, de 65 anos, tinha interposto um recurso contra a decisão do tribunal que o considerou culpado de violação de duas funcionárias quando era ministro do Turismo, na década de 1990.
 
Foi igualmente considerado culpado de assédio sexual de duas outras mulheres, já enquanto Presidente, cargo que ocupou a partir de 2000.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.