Última hora
This content is not available in your region

RDC: Anúncio do resultado das presidenciais foi adiado

RDC: Anúncio do resultado das presidenciais foi adiado
Tamanho do texto Aa Aa

O anúncio do resultado das presidenciais na República Democrática do Congo foi adiado por 48 horas. A decisão da comissão eleitoral foi dada a conhecer na terça-feira à noite.

A tensão é elevada em Kinshasa. Os partidários de Etienne Tshisekedi não vão reconhecer uma eventual derrota – “Pedimos ao senhor Kabila para se ir embora e deixar o povo congolês viver em paz, como fazíamos antes. Queremos o nosso presidente, o senhor Etienne Tshisekedi, o presidente que o povo escolheu. Nada mais.”

O presidente cessante, Joseph Kabila, está em vantagem com 70 por cento dos votos contados. Os observadores internacionais afirmam, no entanto, que o escrutínio foi mal organizado e registaram vários incidentes como a perda de boletins de voto.

A violência pós eleitoral terá feito perto de duas dezenas de mortos. Muitos habitantes de Kinshasa começaram por isso a atravessar o rio Zaire para se refugiarem em Brazzavile, no Congo vizinho.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.