Última hora
This content is not available in your region

Oposição síria considera acordo com Liga Árabe um "embuste"

Oposição síria considera acordo com Liga Árabe um "embuste"
Tamanho do texto Aa Aa

A oposição síria está cética em relação ao acordo firmado entre o governo de Damasco e a Liga Árabe.

O presidente do Conselho Nacional Sírio, Burhan Galiun, assegurou, esta segunda-feira em Tunes, na Tunísia, que o acordo em que o Governo de Bashar al-Assad se comprometia a aceitar observadores, é um “embuste”.

O ativista sírio acusou, ainda, o regime de continuar a atacar a população civil e não descartou a opção de propor uma “força de intervenção” árabe.

A Assembleia Geral das Nações Unidas adotou, esta segunda-feira, por larga maioria uma resolução em que condena o desrespeito dos direitos humanos na Síria e apela ao fim da repressão contra os manifestantes.

Segundo a ONU, desde que os levantamentos começaram já se registaram mais de 5 mil mortos na Síria.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.