Última hora
This content is not available in your region

Deputados húngaros consideram novo sistema eleitoral antidemocrático

Deputados húngaros consideram novo sistema eleitoral antidemocrático
Tamanho do texto Aa Aa

Vários deputados da oposição húngara acorrentaram-se esta sexta-feira em frente ao parlamento em Budapeste.

Estão contra o novo sistema eleitoral proposto pelo conservador primeiro-ministro Viktor Orban. Consideram-no antidemocrático.

Um membro da oposição conta que “esta é uma situação muito, muito triste. Nós membros do parlamento fomos preparados para estar na oposição de forma a cooperar com todos os partidos do parlamento. Agora temos de proteger a democracia governamental dando o corpo ao manifesto”.

O ex-primeiro ministro Ferenc Gyurcsany também se manifestou. Foi detido, juntamente com 11 deputados, mas já está em liberdade.

Em causa está a reforma do Banco Central Nacional. As novas leis já mereceram a repreensão de Bruxelas pois, dizem, ameaçam a independência da instituição.

Para os deputados da oposição está em risco o direito de substituir o atual governo de centro-direita.