Última hora

Missão da Liga Árabe na Síria manchada pelo nebuloso passado de al-Dabi

Missão da Liga Árabe na Síria manchada pelo nebuloso passado de al-Dabi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O homem que disse não ter visto nada de particularmente preocupante na Síria está a levantar interrogações quanto à sua legitimidade à frente da missão da Liga Árabe.

A oposição de Bashar al-Assad não critica abertamente o Tenente-General Mohamed al-Dabi, de quem depende a visibilidade da realidade síria.

Mas um ou outro grupo faz eco das dúvidas em torno do militar originário do Sudão. Al-Dabi foi responsável pelos serviços secretos do seu país, nos primeiros anos de liderança do presidente Omar al-Bashir, alvo de um mandado de captura pelo Tribunal Penal Internacional, sob acusações de genocídio e crimes contra a Humanidade no Darfur.

O papel de al-Dabi, neste contexto, é nebuloso, mas alguns opositores sírios sugerem que ele deveria investigado, em vez de investigar noutros países.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.