Última hora

Moscovo: Reunião pública para exigir libertação de dirigente da oposição russa

Moscovo: Reunião pública para exigir libertação de dirigente da oposição russa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em Moscovo mais de 2000 pessoas responderam ao apelo lançado no Facebook para uma manifestação pela libertação de Sergueï Oudaltsov, um dirigente da extrema-esquerda.

Contudo, apenas algumas centenas compareceram na praça Pouchkine para uma reunião com o deputado de centro-esquerda Ilia Ponomarev, sem cartazes nem palavras de ordem dado que a edilidade não autorizou a manifestação, evitando assim a intervenção das forças da ordem.

Sergueï Oudaltsov foi detido a 4 de dezembro durante uma manifestação ilegal contra as eleições legislativas em que o partido de Vladimir Putin foi vencedor.

Condenado a 15 dias de prisão, foi detido novamente no dia 25 e condenado a mais 10 dias de cadeia por não ter cumprido totalmente uma pena datada de outubro.

Recentemente teve de ser hospitalizado por ter entrado em greve de fome.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.