A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ultraortodoxos protestam em Jerusalem

Ultraortodoxos protestam em Jerusalem
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de judeus ultraortodoxos manifestaram-se em Jerusalém contra o que dizem ser uma campanha opositora à vontade legítima de segregar mulheres.

Para demonstrarem a perseguição de que estão a ser alvos, os ultraortodoxos vestiram roupas com a Estrela de David amarela como os nazis faziam para distinguir os judeus.

Os fundamentalistas querem as mulheres sentadas na parte de trás dos autocarros, que caminhem em passeios específicos e façam compras em determinadas horas, práticas rejeitadas pela principal corrente judaica.

O assunto provocou indignação em Israel, depois de imagens televisivas terem mostrado um ultraortodoxo a cuspir numa mulher e insultos serem proferidos contra uma estudante de 8 anos.