Última hora
This content is not available in your region

Reino Unido minimiza riscos dos implantes PIP

Reino Unido minimiza riscos dos implantes PIP
Tamanho do texto Aa Aa

Com base na avaliação de um grupo de peritos, o Reino Unido considera não haver necessidade de remoção generalizada dos implantes mamários fabricados com material impróprio e potencialmente nocivo para a saúde por uma empresa francesa.

Apesar da recomendação, o governo britânico anunciou que as mulheres que receberam os implantes através do sistema de saúde público, poderão removê-los com as despesas a serem suportadas pelo erário público.

Londres pediu às clínicas e hospitais privados para fazerem o mesmo.

Mas as posições de vários governos são distintas. Enquanto uns minimizam os riscos para saúde, outros recomendam a remoção generalizados dos implantes da marca PIP.