A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Carla Bruni rejeita acusações de fraude contra fundação

Carla Bruni rejeita acusações de fraude contra fundação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Carla Bruni rejeita as acusações de fraude contra a fundação que dirige, dedicada à luta contra o analfabetismo.

A esposa do presidente francês afirma que o organismo “nunca recebeu fundos públicos”.

A revista semanal Marianne afirma que a fundação Carla Bruni-Sarkozy recebeu de forma irregular três milhões e meio de euros do Fundo Mundial de Luta contra a Sida, a Tuberculose e o Paludismo, do qual a esposa do presidente é embaixadora.

Segundo a revista francesa, Bruni terá usado da influência para transferir fundos “à margem da legalidade” a várias empresas de um amigo, o músico e empresário Julien Civange, testemunha do casamento do casal presidencial.

O Fundo Mundial de Luta conta a Sida classificou o artigo da revista Marianne como “inexato e enganoso” e o Palácio do Eliseu recusou comentar o assunto.

A rádio France Info salientou que “desde que o caso veio a público no fim de 2011, a presidência francesa cortou os vínculos financeiros entre a fundação da primeira-dama e o fundo”.