A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Patrocinadores dos Jogos Olímpicos geram controvérsia

Patrocinadores dos Jogos Olímpicos geram controvérsia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A menos de 200 dias do arranque dos Jogos Olímpicos de Londres nem tudo são rosas na capital inglesa. O relógio que marca a contagem decrescente foi palco de um protesto contra a presença da Dow Chemicals entre os patrocinadores do evento.

No centro da polémica está a tragédia de Bophal, na Índia, onde a fuga numa fábrica de pesticidas acabou por provocar a morte de mais de 25 mil pessoas em 1984. Fábrica essa que foi entretanto comprada pela multinacional norte-americana.

Vinte e sete anos depois, na cidade indiana permanece quase tudo na mesma, a água contaminada continua a provocar vítimas.

O protesto foi liderado por Barry Gardiner, deputado pelo partido trabalhista, mas em Trafalguar Square estiveram igualmente alguns sobreviventes da tragédia.

O assunto tem gerado grande controvérsia na Índia, não faltando quem apele a um boicote dos atletas indianos aos Jogos Olímpicos.