Última hora
This content is not available in your region

Todos contra Romney nas primárias do New Hampshire

Todos contra Romney nas primárias do New Hampshire
Tamanho do texto Aa Aa

“Gosto de ter a capacidade de despedir pessoas que trabalham para mim”, a frase infeliz de Mitt Romney tornou-se no principal alvo dos rivais na campanha à investidura republicana às presidenciais norte-americanas.

Depois de ter vencido com uma frágil maioria o “caucus” do Iowa, Romney testa de novo a sua popularidade nas sondagens e a resistência às críticas, nas urnas do New Hampshire.

Duzentos e cinquenta mil eleitores vão exprimir as suas preferências entre os seis candidatos à corrida presidencial. Os resultados deverão ser conhecidos por volta da meia-noite, mas as sondagens continuam a apontar Romney como o favorito com 33% das intenções de voto.

O enviado especial da Euronews às primárias do New Hampshire, Stefan Grobe, sublinha que:

“Há sinais de que muitos dos eleitores independentes podem decidir apoiar Mitt Romney, que joga quase em casa. Apesar de liderar as sondagens, a vantagem tem vindo a diminuir nos últimos dias, devido em parte à vaga de ataques dos seus rivais conservadores, de Newt Gingrich a Rick Santorum e Jon Huntsman. Algo que não deverá custar-lhe a vitória esta noite no New Hampshire mas que poderá aumentar as dúvidas sobre se Romney é a escolha incontornável para os republicanos”.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.