Última hora
This content is not available in your region

Alain Jupé foi apoiar as reformas na Birmânia

Alain Jupé foi apoiar as reformas na Birmânia
Tamanho do texto Aa Aa

Com a abertura do regime de Myanmar, a antiga Birmânia, sucedem-se as visitas diplomáticas a Rangun.

Desta vez, foi o chefe da diplomacia francesa que foi manifestar o apoio às reformas que o governo está a efetuar.

Alain Jupé encontrou-se com a lider histórica da oposição, Aung Sang Suu Kyi,a quem entregará este domingo, a medalha francesa da Legião de Honra.

“Hoje a França quer apoiar os movimentos de reforma e abertura na Birmânia, triplicando a ajuda bilateral a este país”, anunciou.

Jupé garantiu ainda que toda a União Europeia vai responder concretamente às medidas do governo birmanês.

A junta militar, que dominou o país durante meio século, autodissolveu-se em março do ano passado e transferiu o poder a um governo civil. Desde aí as reformas têm-se multiplicado.

O regresso à cena política de Aung Sang Suu Kyi e a libertação de 300 prisioneiros políticos foram os gestos mais significativos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.