A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sakineh torturada para dar entrevista

Sakineh torturada para dar entrevista
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A iraniana Sakineh Ashtiani, condenada à morte sob a acusação de adultério, será executada por apedrejamento ou por enforcamento, mas antes as autoridade iranianas impuseram-lhe outra pena, uma entrevista televisiva onde foi obrigada a confessar os crimes.

A entrevista foi difundida na televisao internacional iraniana e denunciada pelo advogado e familiares da detida, torturada antes da gravação em Tabriz, a prisao onde se encontra encarcerada desde há cinco anos.

A mulher foi condenada por adultério em 2006 e sentenciada a morrer por lapidação, sentença que causou grande comoção internacional.

A história correu mundo pela mão dos ativistas dos direitos humanos.

Em julho deste ano, mais 300 mil pessoas de todo o mundo – entre elas inúmeras figuras públicas – assinaram uma petição que serviu que serviu pelo menos para adiar a execução da pena, não se sabe até quando..